15 49,0138 8,38624 1 0 4000 1 https://blog.nitronews.com.br 300 true
O que é e como é feita uma estratégia de marketing glocal?

O que é e como é feita uma estratégia de marketing glocal?

O Marketing Glocal é extremamente importante para empresas que pretendem começar a atuar fora do país. Analisar os melhores cenários para começar o planejamento, e escolher o país mais interessante para sua empreitada, é essencial no início do processo.

Contudo, para fazer isso, é necessário conhecer a fundo algumas técnicas para te ajudar em seu planejamento estratégico. É justamente por isso que nós estamos aqui, pois vamos te mostrar como criar uma estratégia de Marketing Glocal na prática.

No mais, para descobrir o que é, e como montar uma estratégia desse modelo, não deixe de ler o e-book que preparamos para te auxiliar!

Entenda o conceito de Marketing Glocal

Antes de tudo, é necessário entender o que é Marketing Glocal, e como essa estratégia funciona na prática. De forma resumida, podemos dizer que se trata do processo de internacionalização de uma empresa, agindo em outros países.

As estratégias de marketing são voltadas para cultivar os moradores de outro país, possibilitando a criação de um novo mercado. A Coca-Cola, por exemplo, surgiu nos EUA, mas conta com propagandas específicas voltadas para o Brasil.

Esse modelo de marketing tradicional é um dos mais praticados do mercado, sendo bastante trabalhoso, porém, trazendo excelentes resultados. Eles ajudam a tornar a empresa mais conhecida do que o comum, já que aumenta o seu alcance.

Essas técnicas podem muito bem serem usadas em conjunto com email marketing e outras estratégias mais atuais de se fazer propaganda. Essa metodologia é bem abrangente, e por isso, pode se adequar muito bem a diferentes planejamentos diferentes.

Como fazer uma estratégia desse modelo de marketing?

No mais, agora que já sabemos do que se trata, chegou o momento de falarmos um pouco mais sobre como montar uma estratégia de Marketing Glocal. Como a atuação é voltada para outro país, o desafio, como você já imagina, não é pequeno.

É necessário pensar em uma série de fatores antes de tomar uma decisão definitiva, e nós vamos apresentar os pontos que você mais deve se atentar nesse processo. No mais, a seguir, vamos te mostrar os passos para a criação de uma estratégia para a internacionalização de um negócio. Confira!

Saiba como é o mercado do local

O primeiro passo para fazer uma estratégia de Marketing Glocal é conhecer o mercado em que sua empresa vai se aventurar. A internacionalização é um processo complicado, e diversos fatores precisam ser considerados para que os erros não aconteçam.

Alguns pontos a serem analisados de maneira mais ampla, antes de escolher um país, são os seguintes:

  • Economia: como está o cenário econômico do país em que você pretende atuar;
  • População: número de habitantes, a densidade para a região, entre outras questões relacionadas a quantidade de pessoas;
  • Tecnologia: descubra se a tecnologia disponibilizada pela sua empresa é sinérgica com a que está em uso no local;
  • Recursos: confira o número de recursos disponíveis na região, se o desmatamento ou o aquecimento global podem atrapalhar o seu negócio também são bons pontos para ficar atento;
  • Hábitos: analise se o seu negócio combina com os hábitos culturais das pessoas que vivem no país;
  • Política: é sempre interessante verificar o cenário político, as regras para empresas de outros países, entre outros pontos voltados para questões burocráticas.

Após escolher o país em que vai atuar, com base nos critérios acima, leve em consideração esses pontos para verificar se a região vale o investimento:

  • Qual é a capacidade de compra dos moradores da região;
  • Qual é a capacidade de venda dos fornecedores que atuam ali;
  • Quais são os concorrentes externos que podem atuar no local;
  • Quais são as empresas do local que irão ser seus concorrentes;
  • Quais são as rivalidades de empresas que já atuam no país.

Após analisar todos esses pontos, somente então, você pode decidir em que país a sua empresa irá começar o processo de internacionalização. O Marketing Glocal traz resultados excelentes, porém, é necessário muito trabalho antes disso.

Escolha o local em que vai atuar

Depois de realizar a análise dos locais em que você pretende atuar, enfim, chegou o momento de fazer a sua escolha definitiva. Os pontos abordados no tópico anterior ajudam a filtrar quais são as alternativas mais vantajosas para o seu negócio.

Aqui, é importante que você não cometa o erro de tratar países vizinhos como se fossem todos iguais, como muitos fazem. Quando uma empresa grande vem para o Brasil, por exemplo, faz estratégias que abarcam toda a América Latina de uma única vez.

Isso faz com que nem os brasileiros, nem os moradores dos outros países latinos se identifiquem com a proposta que foi feita. Por isso, não deixe de fazer a escolha de um local onde você realmente conhece e vai aplicar os conhecimentos corretos.

Defina a atuação da empresa no local

Outra etapa no processo de internacionalização da marca é definir como será a atuação da sua empresa no novo espaço. Isso porque, pode ser que você decida só exportar os seus produtos, sem construir uma fábrica para produção, por exemplo.

Outra forma de se incluir em um mercado é adquirindo outra empresa da região, para aproveitar a bagagem de seus funcionários. Isso ajuda na adaptação, e garante que as decisões serão tomadas por pessoas experientes na região.

No mais, é importante analisar as opções para o seu negócio, e definir o que é melhor para o caso da sua empresa. Em todo caso, deixamos aqui a sugestão da pesquisa feita pela Apex, que fala sobre a atuação de empresas brasileiras em países estrangeiros.

Escolha o que será padronizado e adaptado

Agora chegou o momento de definir o que irá seguir o mesmo padrão de produção, e o que será adaptado para o local. Existem países, com cultura semelhante, que permitem que a mercadoria siga um mesmo padrão, como acontece nas antigas colônias espanholas na América.

Porém, é válido destacar que nem todas as nações permitem isso, pois é necessário analisar os hábitos culturais de cada povo antes de tomar essa decisão. Caso seja preciso fazer mudanças, então chega o momento de adaptar os produtos ao seu público.

Isso é muito comum, e torna a sua empresa mais competitiva no país onde ela está inserida. Em todo caso, analise se existe a possibilidade de padronizar, e, se não for possível, não hesite em fazer adaptações para os clientes.

4 Ps do Marketing precisam ser analisados

Os 4 Ps do Marketing não podem ser ignorados quando estamos falando de Marketing Glocal. Esses pontos são extremamente importantes dentro dessa estratégia, pois te ajudam a delimitar uma série de fatores a serem seguidos.

Os Ps são siglas de palavras que te orientam para uma ação mais incisiva e efetiva no mercado. Cada uma das letras presentes nessa técnica significa o seguinte:

  • Preço: é preciso definir qual será o preço praticado na nova região em que a sua empresa pretende atuar, sempre comparando com o valor do local de origem;
  • Praça:são os pontos de venda, que podem mudar de acordo com a cultura do local e os hábitos de compra de quem mora na região;
  • Produto: é necessário padronizar em todos os locais, mas não deixe de fazer personalizações de acordo com os hábitos da região, pois isso te ajuda a conseguir mais vendas;
  • Promoção: as promoções podem ser diversas e variar de acordo com cada região, aproveitando os feriados únicos de cada país, por exemplo.

Criação efetiva do seu projeto

No mais, após analisar todos os pontos apresentados até aqui, chegou o momento de criar o seu projeto de forma efetiva. O seu planejamento de marketing deve conter os objetivos da empresa no novo país, seu público, como vai se portar, entre outras informações.

O plano de Marketing Glocal precisa traçar estratégias específicas para as regiões onde ele vai agir. Como vimos, não adianta de nada usar de técnicas que funcionam em um país como modelo para que isso aconteça em uma região vizinha.

É necessário adaptar o seu plano para a região onde vai atuar, pois, somente assim, o seu planejamento vai trazer os resultados esperados. No mais, a criação de uma estratégia de Marketing Glocal acontece dessa forma, porém, o trabalho não acaba por aqui.

Avalie os resultados que foram obtidos

Após todo esse trabalho, chegou a hora de conferir os resultados da sua atuação dentro de outro país. Para isso, fique sempre atento aos números colhidos, a performance de vendas, além da reputação que seu empreendimento construiu com isso.

Além disso, também é indicado que fique atento às redes sociais, pois a opinião dos seus clientes podem ser dadas por lá. Pesquisar pelo próprio nome em grandes portais pode te dar um panorama sobre a opinião do seu público em relação à marca.

Dicas para tornar a sua estratégia ainda melhor

No mais, agora já sabemos como montar uma estratégia de Marketing Glocal e outras informações importantes sobre o assunto. Com tudo isso, também podemos notar o quanto o planejamento dessas ações podem ser trabalhosas para os empreendedores.

E para te ajudar com essa questão, nós separamos algumas dicas de planejamento, para auxiliar na criação do seu planejamento. Confira!

Saiba com quem está conversando

Antes de tudo, é preciso saber com que está conversando, para adequar a sua linguagem. O conceito de persona é cada vez mais necessário para que as estratégias de marketing se tornem mais efetivas em qualquer ambiente.

Por isso, saber a idade, renda mensal, hobbies, entre outras informações sobre seus clientes, é essencial no momento atual. Isso ajuda a sua empresa a ajustar o tom de voz, e ter mais sucesso quando estiver elaborando o seu planejamento.

Saiba as regras do mercado em que está entrando

Algumas empresas podem ser proibidas de atuar em certos locais, por uma série de fatores que influenciam nesse ponto. Emissão de licenças, existência de patentes, entre outras questões, podem acabar mudando as regras para o seu negócio.

Além disso, a tributação para alguns nichos do mercado podem ser maiores em algumas regiões do globo. Por isso, não deixe de conhecer as regras do local onde você pretende expandir o alcance da sua marca.

Invista em pesquisas

Faça uma pesquisa sobre o mercado local, para saber quais são as práticas que estão crescendo naquela região. Isso ajuda a sua empresa a surfar na onda de tendências que estão se construindo com mais facilidade em alguns países do mundo.

Alguns países podem ser mais receptivos a tecnologias interativas do que outros nesse momento, por exemplo. Estudar, para saber quais tendências estão se consolidando nos países em que deseja atuar, é uma boa forma de aumentar suas chances de sucesso.

Procure por parceiros na região

Fazer parcerias com criadores de conteúdo local pode ser uma excelente forma de adentrar em novos mercados. Isso te ajuda a atingir um novo público, principalmente se o review sobre o seu produto for positivo por parte do seu parceiro.

Por isso, não deixe de procurar por parcerias para a divulgação da sua marca nesse novo espaço. Além disso, não deixe de pesquisar por fornecedores que tenham preços atrativos para que o seu negócio consiga aumentar a produção, caso seja seu objetivo.

Alinhe o seu branding

Por mais que seja necessário criar certos graus de personalização em várias regiões, é preciso que a atuação esteja alinhada com o branding geral. Por isso, por mais que viajemos o mundo todo, conseguimos reconhecer uma propaganda da Coca-Cola, por exemplo.

Isso porque, os valores da empresa, além da cor característica, estão todos alinhados, independente da região onde elas atuam. Fazer com que sua empresa seja tão reconhecível quanto ela, deve ser o seu objetivo para consolidar a marca.

Invista em SEO

Usar técnicas de SEO internacional é essencial para que a sua empresa consiga se tornar visível aos olhos de novos clientes. Assumir posição de destaque é importante para que não estranhem o seu produto nem mesmo no início.

Por isso, não deixe de investir na criação de conteúdos, parcerias com influenciadores locais, e estratégias feitas para a sua persona. Essas práticas podem trazer ganhos muito expressivos, pois atraem diversos clientes a longo prazo.

Produza na língua de quem vai consumir

Por último, mas não menos importante, é interessante que sua empresa produza no idioma local da região onde vai atuar. Nem todos sabem falar inglês, português ou espanhol, e por isso, não deixe de fazer adaptações para cada caso.

No mais, esse é o nosso material sobre Marketing Glocal, e esperamos que tenha encontrado tudo o que precisa sobre essa estratégia!

Persona, conhecendo seu cliente ideal
Post anterior
Persona: Conhecendo o cliente ideal
Duas pessoas comemorando
Próximo post
Calendário de Marketing Julho de 2022

0 Comentário

    Deixe uma resposta

    Aprenda sobre marketing digital!

    Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

    Email cadastrado com sucesso!