15 49,0138 8,38624 1 0 4000 1 https://blog.nitronews.com.br 300 true

Email Marketing segmentado: organizações não-governamentais

Newsletters de ONGs são um jeito sutil e, ao mesmo tempo, efetivo de manter aceso o vínculo entre a entidade e seus colaboradores. Embora participar de uma ONG signifique, em muitos casos, doação de recuros – leia-se dinheiro – e considerando que o público nem sempre está disposto a atuar dessa forma, existem alguns detalhes que podem ser aproveitados para fortalecer os laços entre a comunidade, sem a pecha de “pedir esmolas”.

Enfatize outras maneiras de colaborar

É importante que o membro da sua ONG não se sinta útil apenas na hora de assinar um cheque. Mantê-lo atuante na organização, no entanto, é fundamental. Outras formas de fazer isso é valorizando a sua presença em ações que não demandem doações diretamente, como a assinatura de petições online, o envio de um email aos governantes locais ou o convite a um evento na sua comunidade. Seja claro ao especificar o passo-a-passo da ação, quais seus objetivos e o quanto a atitude do usuário que lê a newsletter pode ser decisiva.

Histórias de sucesso

Prestar contas é uma atitude imprescindível para uma ONG que busca credibilidade. Para isso, nada melhor do que mostrar as benfeitorias executadas com as doações de tempo, dinheiro e trabalho dos integrantes. Isso faz com que o público não apenas veja que a entidade é séria como, principalmente, sinta-se recompensado e reconhecido pelo esforço dedicado à causa, qualquer que seja ela. Mostrar fotos de realidades alteradas, ao estilo “antes e depois”, tende a causar um impacto efetivamente positivo.

Mostrando os bastidores

Outro passo para buscar a credibilidade e a simpatia do público, ONGs devem buscar a transparência de seus trabalhos. Daí, dedicar uma edição da newsletter ou uma seção fixa em cada comunicado para exibir o que está por trás das doações surge como uma alternativa de aproximação àqueles que não têm a disponibilidade de visitar a sede ou conhecer pessoalmente o trabalho de uma ONG. Fotos e nomes (de funcionários, estabelecimentos, favorecidos etc) também contribuem ao desejado tom de confiança.

Urgência

Alguns projetos não dispõem de tempo para envolver o público em longo prazo até que se torne um doador. Os boletins que se propõem a levantar verba imediatamente devem deixar claro o sentido de urgência da causa.

Tome cuidado, porém, com a linguagem apelativa. Ainda que uma doação rápida seja necessária, evite escrever textos inteiros em caixa alta, em negrito ou em cores gritantes. Imagens de situações desagradáveis, por mais reais que sejam, podem causar repulsa e não comoção. Procure ser sensível, objetivo (diga logo qual é a urgência) e qual o caminho para o usuário fazer a doação.

Maior alcance

Por mais que a sua organização tenha uma causa bastante clara, ampliar horizontes de atuação pode ser visto com bons olhos por setores da sociedade alem daqueles que você está habituado a abordar. Não se trata de querer resolver todos os problemas do mundo através da sua ONG, mas de trazer um retorno aos membros que vá além da satisfação que os moveu, um dia, a colaborarem com a entidade.

Procure ajudar seus colaboradores a levarem uma vida mais sustentável socialmente, sugerindo idéias que incentivem a preservação ambiental, o bem-estar físico e mental ou orientações éticas e profissionais. Seus leitores irão se sentir amparados por aqueles a quem ajudam a amparar. Eis que o círculo se completa.

Post anterior
Empreendedorismo e Marketing Digital: como fazer sua empresa crescer com a ajuda da internet
Próximo post
6 ferramentas virtuais gratuitas para o seu e-commerce

0 Comentário

    Deixe uma resposta

    Aprenda sobre marketing digital!

    Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

    Email cadastrado com sucesso!