15 49,0138 8,38624 1 0 4000 1 https://blog.nitronews.com.br 300
Confira 8 tecnologias em cloud que vão mudar o seu trabalho

Confira 8 tecnologias em cloud que vão mudar o seu trabalho

Existem diversas tecnologias em cloud que podem mudar o seu trabalho, é claro, de maneira totalmente positiva. Por meio das ferramentas certas, é possível otimizar uma série de procedimentos que o seu empreendimento precisa fazer hoje em dia.

Seja com a integração entre várias nuvens, ou ainda por meio de Inteligência Artificial, o uso de nuvens digitais vem se tornando cada vez mais importantes. Essas tecnologias só tendem a acrescentar e melhorar ainda mais o funcionamento das empresas.

Porém, para que isso aconteça, é necessário conhecer quais são as tecnologias que estão sendo usadas. E é justamente para isso que nós estamos aqui: te apresentar o que é utilizado, e como essas novas práticas podem transformar a sua forma de trabalhar.

No mais, para conhecer 8 tecnologias em cloud que podem transformar a sua forma de trabalhar, não deixe de ler o artigo que preparamos!

Integração de nuvens

Uma das tecnologias em cloud que vão mudar o seu trabalho é a integração entre várias plataformas da mesma natureza. Hoje, nuvens públicas já permitem com que outros portais façam o upload de informações para o seu banco de dados.

Com isso, é possível contar com uma maior interação entre diferentes ferramentas, o que permite uma maior integração de dados. Dessa maneira, é possível fazer uma análise mais completa sobre os dados da sua empresa, por exemplo.

O uso de nuvens múltiplas é extremamente benéfico para os provedores e para quem é usuário desse tipo de serviço. Isso porque, por meio dessa tecnologia, todos podem contar com as informações essenciais centralizadas em um único canal.

Dentro do ambiente de trabalho, seria possível fazer uso de uma planilha feita no Google Sheets, ao fazer o seu upload para outra ferramenta em nuvem. Com isso, como dissemos, é possível otimizar o funcionamento de diferentes tipos de empresa.

Ao elaborar uma estratégia de email marketing, o seu empreendimento pode analisar os dados necessários em uma única plataforma. Isso diminui a incidência de erros, e garante que um tratamento adequado está sendo dado para cada um dos dados obtidos.

No entanto, é preciso destacar um ponto até aqui: hoje, esse tipo de serviço ainda é inacessível, não sendo possível contar com ele de maneira prática. São poucos os empreendimentos que já conseguem fazer uso desse tipo de tecnologia.

E isso porque as próprias plataformas de nuvem ainda estão criando mecanismos para fazer com que isso seja mais viável. Contudo, empresas como o Google Cloud Platform já estão acenando com algumas novidades voltadas para esse meio.

Inteligência artificial

As nuvens tornaram possível a adaptação das empresas de maneira simples às várias mudanças que acontecem no mercado. Os recursos tecnológicos estão em frequente transformação, e acompanhar tudo isso é essencial nos dias de hoje.

Tendo em vista essa necessidade de implementar mudanças frequentes, o uso Inteligência Artificial (IA) ajuda a tornar o processo mais prático. Por meio da IA, o uso de nuvem se torna ainda mais interessante para as empresas que fazem uso dessa tecnologia.

O uso de Inteligência Artificial provoca melhorias de diferentes maneiras em várias empresas. Por meio dessa ferramenta, é possível automatizar diversos serviços que, antes, levariam horas para serem realizados com o mesmo grau de assertividade.

Além disso, também é a responsável por tornar ainda mais seguro o uso de plataformas em nuvem. A segurança de dados é primordial para toda empresa que atua em cenário digital, por isso esse cenário não pode ser ignorado por quem faz uso da internet.

Em todo caso, a IA torna possível o gerenciamento de informações de diferentes plataformas ao mesmo tempo. Ela, ainda, pode ser usada em conjunto com a integração de nuvens, o que torna a sua usabilidade ainda mais importante do que já é.

Por meio dela, é possível reduzir custos, e fazer com que os trabalhadores contem com mais tempo disponível para a resolução de problemas reais da empresa. De maneira resumida, o uso de IA em nuvem pode otimizar o tempo e os recursos de um negócio.

SaaS

A sigla SaaS significa “Software as a Service”, pode ser traduzida como “Software como Serviço”, o que já resume bem esse recurso. Basicamente, trata-se de um programa em nuvem que é assinado por algum cliente que precisa daquilo.

No entanto, ao invés de vender uma licença permanente, o usuário paga, em forma de mensalidade, por aquele serviço. Para entendermos como isso funciona, basta pensarmos no Microsoft Office, e a forma como ele era e como é comercializado.

Antes, um indivíduo comprava o pacote, e recebia os programas por tempo ilimitado, para usar em um PC. Hoje, esse modelo de negócios não existe mais, e o usuário precisa pagar, por meio de uma assinatura, para usar os mesmos softwares do Office.

Essa prática, em relação ao ambiente profissional, pode trazer uma série de vantagens para empresas que querem economizar recursos. Isso porque, em muitos casos, o simples pagamento de uma mensalidade pontual é muito mais barato do que uma compra definitiva.

E o uso de nuvens permitiu com que muitos programas diferentes fossem disponibilizados por esse modelo de negócio. Hoje, é possível fazer a assinatura de vários serviços diferentes, graças à tecnologia em cloud, usada aos montes por várias empresas.

Em muitos casos, é possível até mesmo fazer uso de um desktop em nuvem, desde que se pague a mensalidade. Essas tecnologias permitem que a sua empresa conte com softwares de ponta mesmo que não tenha os programas comprados, o que é extremamente vantajoso.

Uso de contêineres

As cloud containers estão ficando cada vez mais populares, e podem acabar sendo utilizadas pela sua empresa. Por meio dessa técnica, é possível implantar aplicativos que estejam distribuídos em diferentes nuvens, o que torna o acesso deles mais prático.

Boa parte dos microsserviços faz uso de contêineres em nuvem para funcionar, o que já demonstra o potencial dessa empreitada. Por meio deles, é possível aliar um acesso mais democratizado e uma série de funcionalidades de diferentes nuvens.

Por meio da criação de contêineres em nuvem, por exemplo, é possível tornar o acesso a diversos softwares mais simples. Isso faz com que eles se tornem mais acessíveis, o que, indiretamente, pode otimizar o funcionamento de diferentes empreendimentos.

Essa tecnologia pode influenciar a forma de funcionamento de diversas empresas, que hoje não contam com várias tecnologias disponíveis. Por meio da conteinerização, novas funcionalidades devem estar à disposição dos empreendimentos que ainda não podem contar com isso.

No mais, os contêineres são conhecidos por sua portabilidade, já que permite que os seus criadores movam eles entre as nuvens. Isso é ainda melhor para as empresas clientes, que podem acessar os mesmos serviços mesmo estando conectadas em outros provedores.

Automatização de informações

Fiscalizar a quantidade e a qualidade dos dados que são conectados todos os dias em nuvem é uma tarefa árdua para todas as empresas. Até mesmo as que estão inseridas há muito tempo nesse meio acabam encontrando dificuldades de realizar o procedimento.

Quando feitos de maneira manual, a situação fica ainda mais difícil, afinal, são muitos os dados obtidos todos os dias. Com isso, a empresa fica refém de erros, e perde muito dos seus tempos e recursos com tarefas que deveriam ser rotineiras.

Por esse motivo, é muito importante contar com ferramentas de automatização de informações em nuvem. Muitas das clouds atuais, inclusive, já buscam por formas de implementar funcionalidades do tipo para os seus clientes.

Isso faz com que o processamento de dados seja todo orquestrado, o que facilita na visualização de informações. Para quem não quer ter que fazer a checagem de informações pessoalmente, essa é a melhor alternativa para o seu empreendimento.

Em todo caso, na atualidade, é muito importante que você leve esse ponto em consideração no momento de escolher um provedor de nuvem. A automatização pode agilizar os processos da sua empresa de maneira significativa, e por esse motivo, não pode ser ignorada.

Nuvens híbridas

Antes, as empresas encontravam muitas dificuldades no momento de escolher entre os modelos de nuvens disponíveis. São três os tipos principais, que são classificados da seguinte forma:

  • nuvem pública: as clouds são feitas por provedores terceirizados, e são divididas entre várias outras empresas e pessoas;
  • nuvem privada: a cloud é desenvolvida para servir a uma única organização, sem compartilhar nada com outros agentes;
  • nuvem híbrida: serviço mais flexível, onde se usa uma cloud privada e outra pública, para tornar os serviços mais eficientes.

Como as empresas precisam diversificar a sua atuação, muitas contam com mais de um provedor de nuvens à sua disposição. Isso impede com que elas fiquem de mãos atadas caso um deles encontre problemas de funcionamento.

E a nuvem híbrida vem se mostrando a melhor alternativa dentre as três disponíveis. Isso porque, as nuvens públicas não contam com a mesma eficiência das privadas, o que faz com que não sejam as preteridas em comparação com outras.

Porém, as nuvens privadas são mais custosas, e demandam manutenções frequentes, o que representa um gasto a mais para a empresa. Para solucionar esse problema, empreendimentos começam a fazer uso frequente de clouds híbridas.

Por meio dessa tecnologia, é possível ter menos gastos, além de ganho de velocidade e eficiência, quando as privadas precisam ser acessadas. Isso evita o uso de recursos financeiros de maneira excessiva, e torna o seu negócio mais eficiente.

Big Data e IoT

Outras tecnologias muito comuns de serem usadas dentro do mercado atual são a Big Data e a IoT (Internet das Coisas), que melhoram o funcionamento das empresas. Por meio dessas soluções, é possível contar com mais segurança e velocidade no processamento de dados.

A Big Data, por exemplo, é a tecnologia responsável pelo processamento de dados de maneira eficaz e transparente. Os custos atuais são bem acessíveis, e, por mais segurança e eficiência, acabam representando um excelente custo-benefício.

Já no caso da Internet das Coisas, podemos destacar que essa tecnologia é essencial para captação e otimização de dados. No entanto, para que os dois conceitos citados funcionem normalmente, é necessário contar com um espaço seguro e que seja de fácil acesso.

E é justamente aqui que as nuvens entram, já que elas podem oferecer tudo isso. Por meio da tecnologia em cloud, os usuários de Big Data e IoT podem acessar os diferentes serviços oferecidos de qualquer lugar, desde que tenham conexão com a internet.

E usar essas três tecnologias em conjunto pode ser excelente para otimizar os recursos e o tempo da sua companhia. Por meio da otimização de procedimentos, é possível conseguir o destaque desejado de maneira acessível e simples.

Edge Computing

A edge computing também é chamada de computação de borda e vem se tornando cada vez mais comum no cenário atual. Antes de falarmos sobre sua integração com a nuvem, vamos entender sobre o que se trata esse conceito.

A computação de borda nada mais é do que o uso próximo de máquinas que estão usando uma mesma aplicação. O sistema central, que seria o responsável por processar as informações, estaria próximo da sua empresa, nesse caso.

Isso faria com que os dados fossem processados mais rapidamente, afinal, não seria necessário mandá-los para o outro lado do mundo. Com isso, os problemas de latência seriam praticamente nulos, afinal, unidades próximas funcionam melhor.

Esse tipo de tecnologia se une à nuvem ao vermos que, por meio dela, é possível descentralizar o processamento desses dados. Para isso, é necessário apenas fazer uso de todos esses aparatos de maneira digital, acessando pela própria cloud.

Ela seria capaz de fazer com que as informações fossem processadas por centros que estão mais próximos do que as do exterior. Isso, como dissemos, aumentaria a velocidade de processamento, o que seria excelente para o seu negócio.

Em todo caso, essa solução já é botada em prática por muitas empresas, e deve se tornar ainda mais popular nos próximos anos. Com técnicas sofisticadas, em breve, todos devem começar a migrar para redes que serão disponibilizadas em diversos pontos.

Enfim, essas são as tecnologias em cloud que vão mudar a sua forma de trabalhar muito em breve, e por isso, não deixe de pesquisar sobre seu uso!

Post anterior
Web 3.0: O que é? Como vai funcionar? Como já fazer parte?
Calendário Marketing Agosto
Próximo post
Calendário de Marketing Agosto de 2022

0 Comentário

    Deixe uma resposta

    Aprenda sobre marketing digital!

    Fique por dentro das novidades em nosso blog e obtenha o máximo de suas ações de marketing digital.

    Email cadastrado com sucesso!